Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de edsantos2
 


O Senhor Deus me deu um presentão



Escrito por edsantos2 às 07h42
[] [envie esta mensagem
] []





Assista o melhor conjunto da atualidade SANTALLO youtube adventista em sao jose

http://youtu.be/yxLDsh6LyB0



Escrito por edsantos2 às 07h10
[] [envie esta mensagem
] []





SEJAM BEM VINDO A FUNDAÇÃO BENEFICENTE JOHN PETER

EM VILA SANTA TEREZA - BELFORD ROXO RJ CNPJ 05879514000182 EMAIL EDSANTOS2@BOL.COM.BR

ITAU C/C 01901- 0 AG 4562



Escrito por edsantos2 às 18h40
[] [envie esta mensagem
] []





A nosso primeiro encontro com as crianças da comunidade de Vila Santa Tereza Belford Roxo RJ

o objetivo é alcançar 20 vinte crianças no periodo, e se reuniram 10 crianças, quer dizer: 50 % foi uma maravilha

a professoara Ana Amélia com todo carinho, contou historias e cantou belos hinos com as crianças, foi promovidos os melhores desenhos pintadas

pelas crianças e note, todas ganharam. todos contribuíram com o sucesso. Os professores e os alunos. o nosso próximo encontro será no dia 12 de junho as 14 horas



Escrito por edsantos2 às 07h58
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 07h50
[] [envie esta mensagem
] []





prevenção é Cidadania

PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA

Sinônimos:

Exame Preventivo de Câncer de Próstata.

O que é prevenção de um tipo de câncer?

Prevenir o aparecimento de um tipo de câncer é diminuir as chances de que uma pessoa desenvolva essa doença . Normalmente, isso se faz através de ações que a afastem de fatores que propiciem o desarranjo celular que acontece nos estágios bem iniciais da doença, quando apenas algumas poucas células estão sofrendo as agressões que podem transformá-las em malignas. São os chamados fatores de risco.

Além disso, outra forma de prevenir o aparecimento de câncer é promover ações sabidamente benéficas à saúde como um todo e que, por motivos muitas vezes desconhecidos, estão menos associadas ao aparecimento desses tumores.

Nem todos os cânceres têm esses fatores de risco e de proteção identificados e, entre os já reconhecidamente envolvidos, nem todos podem ser facilmente modificáveis, como a herança genética (história familiar), por exemplo.

Como se faz prevenção no câncer de próstata?

A próstata é uma glândula masculina que se localiza entre a bexiga e o reto. Essa glândula participa da produção do sêmen, líquido que carrega os espermatozóides produzidos no testículo. Ela envolve a uretra e seu tamanho normal é de uma azeitona. A próstata, como todo o aparelho sexual masculino, tem o seu funcionamento regulado pelos níveis de testosterona circulantes, o hormônio masculino.

O câncer de próstata, como a maioria dos tipos de câncer, tem fatores de risco identificáveis (para maiores informações sobre fatores de risco para este tipo de câncer leia o artigo "Detecção Precoce do Câncer de Próstata" neste site).

Alguns desses fatores de risco são modificáveis, ou seja, pode-se alterar a exposição que cada pessoa tem a esse determinado fator, diminuindo a sua chance de desenvolver esse tipo de câncer.

Há também os fatores de proteção. Ou seja, fatores que se a pessoa está exposta a sua chance de desenvolver esse tipo de câncer diminui. Entre esses fatores de proteção também há os que se pode modificar, se expondo mais a eles.

Os fatores de risco e proteção para o câncer de próstata mais conhecidos e que podem ser modificados são:
 

Idade

O câncer de próstata é incomum em homens de 50 anos ou menos. Porém depois dessa idade torna-se mais comum a cada década que passa. Por isso, fazer exames de detecção precoce após essa idade é importante.

Quanto mais precocemente se diagnostica um tumor, maior são as chances de cura.

Os exames mais comumente realizados para se detectar esse tipo de câncer, precocemente ou não, são o toque retal, o exame de ultra-sonografia transretal e o exame de PSA (antígeno prostático-específico).

Dieta

Uma dieta pobre em gordura, principalmente de origem animal, e rica em frutas, legumes e verduras parece estar associada a uma diminuição no risco para esse tipo de câncer. Algumas substâncias têm sido apontadas como responsáveis por esse fator de proteção. Os estudos com Vitamina E, Vitamina D, Selenium e Lycopene (esse último presente nos tomates) na sua forma natural ou como suplementação dietética são os mais consistentes em demonstrar essa associação. Entretanto ainda há controvérsias sobre a real capacidade dessas substâncias em diminuir a mortalidade associada a esse tipo de câncer, além de não ter se esclarecido a forma e a quantidade em que estas substâncias se tornam especificamente benéficas.

História familiar

Quinze por cento (15%) dos homens que tem câncer de próstata tem um familiar de primeiro grau com esta doença. Por isso, ter pai, irmão ou filho com esse tipo de tumor é indicação para fazer um seguimento mais cuidadoso com o objetivo de detectar precocemente esse tumor, assim como com o passar da idade.

Raça

Nos EUA, homens negros têm mais câncer de próstata que homens brancos, e mais que homens de origem oriental. Aparentemente, essa diferença racial se dá pelo níveis de testosterona circulante em cada raça. Porém, outros fatores que podem estar distribuídos de forma diferente nas raças podem ser responsáveis por essa diferença na distribuição desse tipo de câncer. De qualquer forma, homens da raça negra devem dar uma atenção especial para esse risco elevado e fazer os exames de detecção precoce rotineiramente.



Escrito por edsantos2 às 10h47
[] [envie esta mensagem
] []





Saúde tambem é Cidadania

Sexo e o Câncer

Lutando pela vida e pela sua melhor qualidade

O surgimento de algum tipo de câncer na vida de uma pessoa é muito traumático, dadas as conseqüências físicas e emocionais desse tipo de doença e as limitações da medicina nesse campo ainda muito desconhecido.

Existem dois aspectos importantes para a compreensão da vida sexual por parte dos que sofrem de qualquer tipo de câncer.

Um primeiro aspecto está na reação frente à descoberta dessa doença, muitas vezes mutilante. Geralmente a pessoa que se descobre portadora de câncer passa por estágios emocionais diversos, entre eles, negação, rebeldia e depressão.

É nas fases de rebeldia e de depressão que a atividade sexual vai sofrer maior impacto. O paciente passa a se preocupar mais com a sua saúde, exames, medicações, intervenções cirúrgicas, quimio e radioterapia, do que com sua vida sexual. O desejo diminui muito ou desaparece totalmente, prejudicando as demais fases do ciclo da resposta sexual, quais sejam, excitação (ereção no homem e lubrificação na mulher) e orgasmo.

A atividade sexual, para a maioria das pessoas, não se desenvolve se houverem graves preocupações na cabeça. No caso da pessoa com câncer, a sexualidade fica em segundo plano. A pessoa passa a se ver com menos estima, com tristeza e com um medo intenso de não mais corresponder às demandas sexuais do parceiro. Temores de ser visto como doente, vítima e passível de pena também afetam a auto-estima. Os relacionamentos acabam por se complicar, principalmente quando não há abertura na comunicação da dupla.

O indivíduo sente-se só, pouco compreendido e com muitos constrangimentos em comentar ou perguntar algo sobre a sua vida sexual para o médico. Além disso, nem todos os profissionais lembram ou têm capacidade de lidar com esses aspectos de seus pacientes. Algumas medicações antidepressivas podem ser utilizadas com uma melhora no quadro depressivo e na vida sexual do paciente. Deve-se procurar ajuda de um psiquiatra.

Um segundo aspecto está na possibilidade de o câncer atingir áreas genitais ou outras regiões que possam afetar de forma direta o desempenho da atividade sexual.

Câncer nos genitais - pênis, vulva ou colo de útero ou em regiões próximas - são mais complexos no que tange às recomendações. Existem alguns riscos de infecções em áreas mais lesadas, ou mesmo maior probabilidade de dor.

Nesses casos, o médico é a pessoa que pode e deve ser inquirida de forma direta. Especificamente:
 

O câncer de mama traz muitas complicações na auto-imagem das mulheres, diminuindo muito o desejo de se expor ao parceiro. O implante de silicone tem ajudado muitas delas a recuperar a auto-estima.
Pacientes que se submeteram a ostomização (pessoas com câncer de colo ou reto que precisam abrir um orifício no abdômen para eliminação de fezes em uma bolsinha plástica, não podendo mais evacuar pelo ânus) sofrem muito para reassumir a atividade sexual, já que a bolsa plástica passa a fazer parte constante de suas vidas. Tanto para os homens, quanto para as mulheres, é uma fonte constante de sentimentos de inferiorização e vergonha. Temem que a bolsa com fezes atrapalhe ou vaze durante o esforço da atividade sexual. No sexo com esse tipo de preocupação, não há como se envolver ou fantasiar: o sexo não se torna satisfatório. A comunicação é essencial e o aconselhamento e reeducação sexual por um sexólogo é de grande utilidade.
Em alguns homens, pode ocorrer a impotência sexual por lesão direta ou indireta ou por conflitos emocionais. Deve-se ter em mente que a sexualidade não existe apenas quando há coito propriamente dito (contato pênis-vagina). Faz parte de nossa sexualidade todo o envolvimento afetivo e todas as sensações subjetivas prazerosas de todo o corpo. A parceira pode se satisfazer de várias formas que não com o pênis. Existem algumas medicações que podem ser usadas para provocar a ereção, mas o médico deve ser consultado antes.

O câncer afeta a vida de um casal em várias dimensões. A dupla deve procurar formas de adaptação que visem a intimidade e a cumplicidade. Com a estabilidade da doença, o desejo sexual retorna e passa a ser novamente importante. Recomenda-se que a pessoa seja o mais sincera possível com seu parceiro em relação a seus sentimentos e sensações. A dor deve ser identificada e questionada com o médico, tal como técnicas possíveis para se lidar com as dificuldades sexuais. Caso o médico oncologista não possa esclarecer as dúvidas, é aconselhável a busca de um terapeuta sexual, geralmente mais instrumentalizado para a orientação nesse aspecto de dificuldade.



Escrito por edsantos2 às 10h41
[] [envie esta mensagem
] []





A Fundação Beneficente John Peter

Faz o planejamento para o ano de 2010 em sua sede

Um dos projetos que foram colocados na mesa da diretoria

foi: Começaremos o curso de Cidadania para as crianças

de 7 anos até 12 anos do bairro de Vila Umari e outros

Terá o seu inicio a partir do mes de Abril será 5 encontros com as

crianças

 A Fundação precisa muito de sua ajuda



Escrito por edsantos2 às 08h18
[] [envie esta mensagem
] []





A Fundação Beneficente John Peter

Faz o planejamento para o ano de 2010 em sua sede

Um dos projetos que foram colocados na mesa da diretoria

foi: Começaremos o curso de Cidadania para as crianças

de 7 anos até 12 anos do bairro de Vila Umari e outros

Terá o seu inicio a partir do mes de Abril será 5 encontros com as

crianças

 



Escrito por edsantos2 às 08h15
[] [envie esta mensagem
] []





O CIEP 089 Graciliano Ramos mais uma vez provou que veio pra ficar.

 Foram doados alimentos,brinquedos e outros para as familias de Vila Umari em Santa Tereza, foi um dia inesquecivel tiveram uma festa

100% comunitario. bolo cachorro quente e refrigerante tudo oferecidos pelos osalunos do Ciep 089 Graciliano Ramos



Escrito por edsantos2 às 08h13
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 08h10
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 08h08
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 08h07
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 08h06
[] [envie esta mensagem
] []







Escrito por edsantos2 às 16h54
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]